E quando o assunto é cortar o cabelo? Pânico, terror e aflição!

Nem sempre é tarefa fácil cortar as madeixas, na maioria das vezes para nós mulheres isso significa muito sofrimento, angustia e ansiedade!

Estamos aqui com o Cabelereiro Willian Ferrari, em um fuxico onde as clientes estão passando por sessões de cortes, pinturas e hidratações e deflagramos uma discussão sobre porquê é tão sofrido para a mulher cortar a cabeleira.

Thaís Morbeck nos contou que o fato do crescimento do cabelo dela ser lento, isso a faz ter pânico de cortar, porque demora a crescer.

Ana Paula Waltrick acha que um corte curto pede uma manutenção mais elaborada.  Para ela, que já tem o cabelo liso, o cabelo longo além de não precisar de escova para modelar, não precisa refazer o corte com tanta frequência.

Segundo Willian Ferrari para algumas mulheres o cabelão, provoca o imaginário fetichista dos homens, porque o shape comprido é mais sexy, o que para ele nem sempre é verdade, às vezes até uma mulher de cabelos curtos como de Michelli Willians pode ser sexy! Será?

Mas também não adianta ter um cabelo que não combine com sua personalidade ou com seu estilo, não adianta cultivar um cabelo longo sem corte, sem viço porque tendência é uma coisa e estilo é outra!

Fonte: Assessoria de Comunicação do Flamboyant

Fotos: Lises Lopes